transformação digital

Gerente de transformação Digital: quem é esse profissional?

A inovação é um termo muito complexo e que tem uma grande abrangência, é necessária uma ampla gama de funções e habilidades para desenvolver um novo produto ou serviço a partir da ideia inicial e posicioná-lo com sucesso no mercado, o que coloca uma grande variedade de demandas sobre gestão da inovação e requer uma ampla gama de funções, que é onde entra o gerente de transformação digital.

Para que possamos entender melhor quem é o profissional de transformação, precisamos entender mais sobre o que é a transformação digital.

transformação digital

Ela é o reposicionamento deliberado e estratégico do próprio negócio na economia digital. A palavra “Digital” é sinônimo do ritmo de mudança que está ocorrendo no mundo de hoje, impulsionado pela rápida adoção da tecnologia. “Transformação”, neste contexto, é como uma organização é construída para mudar, inovar e reinventar, em vez de simplesmente aprimorar e apoiar os métodos tradicionais.

A transformação ocorre quando inovamos, criamos novos produtos, serviços e modelos de negócios. Essas inovações são favorecidas pelo cliente e têm um impacto em nossa indústria.

Qual é a função do gerente de transformação digital?

O papel de um gerente de transformação digital pode ser muito diversificado. A princípio, existem duas orientações essenciais das funções nas quais o gerente de transformação digital pode atuar:

  • Inovador: Que busca e desenvolve ideias e lida com projetos de inovação. Ele é a pessoa criativa, o inventor ou o gerente de projeto. É o profissional responsável por propor o novo.
  • Facilitador: Quem cria estruturas e processos para que a inovação aconteça nas organizações. É também promotor, sobretudo na área da cultura, onde trabalha para persuadir e divulgar os conhecimentos de inovação necessários. Na função de facilitador, ele também pode ser um provedor de serviços para inovadores, por exemplo, cuidando de patentes ou subsídios.

Nos dois papéis, o gerente de transformação digital precisa atuar de forma que facilite o trabalho da sua equipe, além de ter um papel de conscientização da necessidade de evolução de processos dentro da empresa, utilizando a tecnologia como principal ferramenta. 

Quais são os papéis de um gerente de transformação digital em uma empresa?

Dentro das duas funções Inovador e Ativador, existem inúmeras funções que o gerente de transformação digital pode desempenhar.

  1. Trabalhar a criatividade da equipe

O gerente de transformação digital é também o espírito criativo que desenvolve e busca ideias. Ele faz a triagem de várias fontes de inovação, conduz workshops para brainstorming, usa ferramentas de inovação e obtém ideias de todas essas atividades.

  1. Gerente de ideias

Como gerente de ideias, ele coleta ideias de uma ampla variedade de fontes, portanto, ele não é o gerador de ideias, mas cuida da coleta, avaliação e seleção. Ao fazer isso, ele geralmente é apoiado por um sistema de gerenciamento de ideias que reflete as ideias dos funcionários.

transformação digital

DICA: Faça sua graduação na Estácio. Conheça agora os cursos https://matriculas.estacio.br!

  1. Estrategista de inovação

O estrategista de inovação aborda a coleta de ideias e cuida da orientação estratégica da gestão da inovação. 

Envolve uma análise das oportunidades, riscos, pontos fortes e fracos, bem como a derivação de questões importantes do futuro e o propósito e a visão do que queremos alcançar com a inovação. Tudo isso leva à estratégia de inovação.

  1. Futurologista

O futurólogo trabalha em estreita colaboração com o estrategista de inovação, onde fornece a base para o desenvolvimento da estratégia de inovação. 

Isso envolve pesquisas sobre tendências futuras e seu impacto na empresa. No âmbito da Perspectiva Corporativa, faz projeções de futuro, que são a base da estratégia de inovação, dos campos de pesquisa e, sobretudo, da busca de ideias.

  1. Gerente de projeto de inovação

A gestão de projetos que estão relacionados à inovação é um papel fundamental e que deve ser exercido nas empresas, principalmente em relação à implementação de novas práticas. O gestor é o responsável pela coordenação técnica de todas as etapas, para que todos consigam atingir as metas estabelecidas para o projeto. 

Ele faz o acompanhamento de ponta-a-ponta, ficando responsável pelo ciclo de vida do produto, onde em alguns casos, a responsabilidade é do gerente de produtos. Mas, como estamos falando sobre inovação, ele é o próprio gestor de produto e também de inovação.

  1. Desenvolvedor

O desenvolvedor é o criador e geralmente o especialista e técnico do produto que desenvolve o produto e a solução técnica por trás dele. Ele cria a inovação com base nas especificações dos objetivos ou especificações de inovação. 

Sua tarefa é concluída quando uma solução com um protótipo funcional está disponível, que ele entrega ao departamento de produção e vendas. Isso não é totalmente correto.

No entanto, porque o desenvolvedor também desempenha um papel essencial no ciclo de vida do produto, uma vez que ele está disponível para questões técnicas e em segundo lugar ele leva o feedback como problemas de mercado e vendas e desenvolve o produto ainda mais.